receitas

A palavra receita, que provém do latim recepta, tem duas grandes acepções: por um lado, pode-se falar de receita médica e, por outro lado, da receita de cozinha. A receita médica é uma prescrição facultativa e a nota escrita dessa prescrição. Trata-se de um documento normalizado que permite ao médico de prescrever uma medicação para que o paciente a possa adquirir numa farmácia. Para isso, o médico tem competência legal que lhe permite receitar remédios. A receita médica garante que os princípios activos que incluem os medicamentos sejam utilizados com fins terapêuticos. Em geral, a receita médica consta de duas partes: o corpo da receita, que é entregue ao farmacêutico, e uma guia de instruções para o paciente, na qual o médico explica como devem ser ingeridos os medicamentos. No que diz respeito às receitas de cozinha (ou de culinária), são as instruções que explicam que ingredientes levam determinado prato e a forma como este se deve confeccionar. As receitas indicam o procedimento adequado para que o prato em questão seja saboroso. Por exemplo, a receita para fazer panquecas indica que são necessários ovos, farinha e leite, entre outros ingredientes. As receitas de cozinha costumam estar compiladas em livros e, actualmente, em páginas da Internet. Também é comum serem transmitidas de geração em geração a nível familiar. Por fim, também se chama de receita ao procedimento que, a nível geral, possibilita que uma pessoa consiga algo: “O meu pai acredita ter a receita para o êxito nos negócios”.

Veja Tambem